SolidariedadePalestina thumb

𝗣𝗲𝗹𝗮 𝗦𝗼𝗹𝗶𝗱𝗮𝗿𝗶𝗲𝗱𝗮𝗱𝗲 𝗰𝗼𝗺 𝗮 𝗣𝗮𝗹𝗲𝘀𝘁𝗶𝗻𝗮 – 𝗙𝗶𝗺 à 𝗮𝗴𝗿𝗲𝘀𝘀ã𝗼 - 𝗙𝗶𝗺 à 𝗼𝗰𝘂𝗽𝗮çã𝗼

Pelos Direitos do Povo Palestino e Pela Paz no Médio Oriente, 

Concentração/caravana automóvel no dia 𝟮𝟱 𝗠𝗮𝗶𝗼 𝗽𝗲𝗹𝗮𝘀 𝟭𝟴,𝟯𝟬 𝗵𝗼𝗿𝗮𝘀 𝗻𝗮 𝗕𝗲𝗶𝗿𝗮 𝗥𝗶𝗼/𝗚𝘂𝗮𝗿𝗱𝗮 𝗜𝗻𝗴𝗹𝗲𝘀𝗮 (𝗖𝗢𝗜𝗠𝗕𝗥𝗔)

É para todos nós, que nos mantemos minimamente informados, e conhecemos razoavelmente a história da região, evidente que na Palestina ocupada por Israel, a maior potência militar do médio oriente, estrategicamente apoiado pelos Estados Unidos da América, não existe um conflito, apenas, como alguma comunicação social tenta fazer passar.

É, por isso, importante juntar as vozes, em todos os países do mundo, às vozes dos palestinos oprimidos.

"12.5 milhões de palestinos no mundo inteiro, quase 2/3 dos quais são pessoas refugiadas e desalojadas. Enquanto isso, o governo norte-americano manda 5 biliões de dólares todos anos para Israel. Os EUA vetaram 35 resoluções do Conselho de Segurança da ONU que tentavam trazer a paz baseadas na Lei Internacional e nos Direitos Humanos. O “Mapa de Estrada” defendido pelos EUA em 2002 tem 2218 palavras mas faltam quatro: Lei Internacional, Direitos Humanos. 

Israel tem mais de 7.000 prisioneiros políticos palestinos (incluindo centenas de crianças), destrói regularmente lares e propriedades dos palestinos, e conseguiu dominar 91.7% da Palestina histórica, para, ilegalmente, a tornar “território judeu”. 

6.2 milhões de palestinos estão autorizados a usar, apenas, 9.3% da Palestina histórica, naquilo que não é mais do que como prisões a céu aberto (depósito de pessoas) em lugares como Gaza, Belém, Ramallah, Neqab (Neguev) etc. (in "pressenza - international press agency)"

SolidariedadePalestina

Está em... Home Última Hora 𝗣𝗲𝗹𝗮 𝗦𝗼𝗹𝗶𝗱𝗮𝗿𝗶𝗲𝗱𝗮𝗱𝗲 𝗰𝗼𝗺 𝗮 𝗣𝗮𝗹𝗲𝘀𝘁𝗶𝗻𝗮