AntonioCarlosCortez

Prémio António Gedeão 2020
"Jaguar", da autoria de António Carlos Cortez, distinguido pela FENPROF e SABSEG

«Lede poesia, lede história e filosofia, saibam de música e arte. O mundo não pode ser reduzido ao ecrã de um computador, de um smartphone ou de um tablet». Esta foi a mensagem que o vencedor do Prémio Literário António Gedeão 2020 deixou aos jovens, seus alunos, que estiveram presentes na cerimónia de entrega do prémio literário promovido pela FENPROF e SABSEG e que se realizou esta quinta-feira, dia 17 de dezembro, no Auditório da Escola Secundária de Camões. 

[Assista aqui ao vídeo da cerimónia]

António Carlos Cortez, professor de Português e Literatura Portuguesa na Escola Secundária de Camões, foi a escolha unânime do júri da edição de 2020 pela sua obra Jaguar (D. Quixote, 2019). Paulo Sucena, presidente do júri constituído, também, por José Manuel Mendes e Paula Mendes Coelho, apresentou a obra, que descreveu como “48 poemas em prosa diamantina” que enriqueceram a poesia portuguesa contemporânea.

Saber mais informação em fenprof.pt

Está em... Home Última Hora Prémio António Gedeão 2020