Greve horario

Greve ao serviço não lectivo não previsto no horário e a actividades lectivas na CNLE

A FENPROF emitiu hoje os pré-avisos de greve para os dias 7 a 11 de Janeiro, à actividade atribuída aos professores indevidamente, por a mesma não estar incluída nos horários de trabalho. Estes pré-avisos de greve cobrem, também, a greve às actividades lectivas (coadjuvarão e apoio a grupos de alunos) integradas na componente não lectiva de estabelecimento.

arroba Ver pré-avisos de greve 

O ME continua a não responder à exigeência de reposição da legalidade, não intervindo nas situações em que os professores são sujeitos à marcação de reuniões fora do seu horário de trabalho na escola. Também, ao contrário do que se comprometeu, o Secretário de Estado João Costa reincide na não informação das escolas das ilegalidades que cometem ao impor actividade que é lectiva e que, por esse motivo, deveria estar incluída no horário de trabalho de cada docente.

Os professores continuam a queixar-se, e com razão, da excessiva carga de reuniões que são atiradas para cima da componente individual. Desta forma, os docentes não têm, ao contrário do que se encontra legalmente consagrado, 35 horas de trabalho semanal, mas sim, 46 e mais horas e exigem que a legalidade seja reposta.

Por esse motivo, a greve que decorre desde o dai 29 de Outubro vai prosseguir.

A luta terá de continuar até à reposição de justiça, respeito e da legalidade!

Está em... Home Última Hora Greve ao serviço não lectivo não previsto no horário e a actividades lectivas na CNLE