SerProfessor

Greve em 26 de Junho voltou a atingir novo máximo

Com a entrada do 1.º ciclo do ensino básico e da educação pré-escolar, a greve às avaliações voltou a atingir novo máximo. Em 26 de Junho na região centro a adesão ultrapassou os 98% o que é uma demonstração inequívoca do descontentamento dos professores. O SPRC apela à unidade, ao envolvimento de todos neste processo reivindicativo, que mantendo a coragem que têm demonstrado e a grande mobilização e que, sobretudo, procurem a informação correcta e não se deixem influenciar por tentativas de desmobilização que visam desmotivar os professores para prosseguirem a sua luta.

Adesão greve (dados actualizados) na região centro em 26.06.2018

Hoje, o Secretariado Nacional reúne de urgência, depois de esta madrugada ter entregado a sua contestação ao acórdão para a fixação dos serviços mínimos. A FENPROF e as restantes organizações sindicais que convocaram greve às avaliações entre 18 de Junho e 13 de Julho contestam ainda o argumento utilizado sobre a impreteribilidade da realização das reuniões de avaliação abrangidas (9.º 11.º e 12.º) quando o seu pré-aviso vai apenas até 13 de Julho e o processo de candidatura ao ensino superior se desencadeia depois desta data e com um prazo alargado que entra, mesmo, pelo mês de Agosto.

Para a FENPROF  e para as outras 9 organizações sindicais subscritoras dos pré-avisos referidos, o acórdão não está conforme a lei, ignora o quadro legal vigente para o processo de avaliação dos alunos e cria um claro prejuízo aos alunos que podem vir a ser atingidos negativamente por uma decisão que não contará com boa parte dos seus professores.

Para a FENPROF, este acórdão peca, ainda, por ser confuso, para além de ilegal, confunde avakliações com exames, ignora decisões já tomadas da parte do governo e justifica-se com base em aspectos que não estão em causa com a realização desta greve.

Por isso, o SPRC apela à unidade dos professores, ao seu envolvimento neste processo reivindicativo, que mantenham a mobilização e que, sobretudo, procurem a informação correcta e não se deixem influenciar por tentativas de desmobilização, dos mesmos de sempre, que nem sequer estão verdadeiramente empenhados na resolução dos problemas dos professores.

O SPRC manifesta a sua absoluta confiança na sobriedade dos docentes em cada escola. Dará, ainda hoje, informação sobre a análise e as decisões do Secretariado Nacional da FENPROF que reúne hoje de urgência, esta tarde e noite.

Adesão greve (dados actualizados) na região centro em 26.06.2018

Está em... Home Última Hora Greve em 26 de Junho voltou a atingir novo máximo