ManifAntiFundacao thumb

Universidade de Coimbra - Manifestação Anti-Fundação

Realiza-se no próximo dia 27 de Abril, a partir das 17h30 uma Manifestação contra a passagem da Universidade de Coimbra a fundação de direito privado. O SPRC decide apoiar a Manifestação Anti-Fundação de 27 de Abril.

A Direcção do Sindicato dos Professores da Região Centro tomou posição sobre a eventual passagem da Universidade de Coimbra a fundação pública de direito privado, envolveu-se na divulgação e esclarecimento dos motivos para o NÃO do SPRC e esteve empenhada na realização do debate que ocorreu na Casa Municipal da Cultura promovido pela União de Sindicatos de Coimbra.

A luta anti-Fundação assume-se hoje, por isso, como uma necessidade intrínseca à defesa de um ensino superior público de qualidade, democrático e inclusivo. Ou seja, o Estado português tem a obrigação constitucional de garantir que o mesmo é da mais elevada qualidade e que a ele terão de ter acesso todos os cidadãos que pretendam frequentá-lo.

Não pode, por isso, defender-se o reforço do ensino superior público e, ao mesmo tempo, esboroá-lo em lógicas privatizadoras. Dizer-se que continuaria a ser pública a Universidade de Coimbra, se transmutada em Fundação, não é o mesmo que dizer que a UC fica protegida do caminho aberto à privatização dos espaços e dos vínculos laborais, para não falar do próprio serviço público de ensino superior. 

Dependente de uma nova lógica de financiamento, a eventual passagem da UC a Fundação abriria caminho ao aumento de propinas, a lógicas empresariais na contratação de pessoal docente e não docente e à sujeição de toda a Universidade à estratégia que o Conselho de Curadores entendesse implementar.

O SPRC não pode, por isso, deixar de estar dentro de um espaço de contestação que esta Plataforma se propõe construir, sem lógicas imediatistas, antes reforçando um movimento que terá de crescer para lá das já muitas adesões existentes na comunidade académica, entre docentes, não docentes e estudantes. 

O SPRC decide, por isso, apoiar a Manifestação Anti-Fundação de 27 de Abril exortando os docentes e investigadores da Universidade de Coimbra (que queiram ter um espaço em que possam também assumir esta contestação) a  participarem e se envolverem no debate sério e consequente que pretendemos que exista não só dentro mas também extra-muros da Universidade. A decisão que venha a tomar-se terá, necessariamente, implicações para a cidade, para a região e para o país.

ManifAntiFundacao

Está em... Home Última Hora Universidade de Coimbra - Manifestação Anti-Fundação