Direcção e Gestão das Escolas - EB 2,3 Rainha Santa Isabel (Coimbra) foi palco do debate sobre o modelo

Uma sala cheia esperava o debate sobre a gestão das escolas e sobre a luta pela valorização da profissão docente. Foi na escola-sede do agrupamento de escolas Rainha Sta Isabel e juntou muitos docentes de todos os níveis de educação e ensino não superior.

Na segunda parte da reunião, a discussão centrou-se no processo negocial dos concursos e vinculação, nas condições de trabalho (designadamente horários e numero de alunos por turma) e alteração urgente do regime de aposentação. Coube a Vitor Godinho, dirigente do SPRC e coordenador do grupo de trabalho da FENPROF para os quadros e concursos de professores, introduzir os aspectos mais importantes da discussão e esclarecer os presentes.

Iniciando a apresentação do tema “Gestão das Escolas” pelo historial, pós-25 de Abril, dos regimes de gestão dos estabelecimentos de educação e ensino, Francisco Almeida, do Secretariado Nacional da FENPROF fez a avaliação do actual modelo, apresentou os resultados, ainda provisórios, do inquérito respondido entre 30 de Janeiro e 3 de Fevereiro. Um inquérito que abre, aliás. excelentes perspectivas, já que a larga maioria dos professores escolheu concordar com as linhas de força que enquadram a proposta da FENPROF que está, desde hoje em discussão.

Com estas reuniões pretende-se discutir o modelo actual de gestão, defender um regime de gestão democrática, apresentar as propostas sindicais e discutir aspectos concretos das dinâmicas de direcção pedagógica e administrativa dos estabelecimentos de educação e ensino

Esta iniciativa da FENPROF visa o envolvimento das escolas e dos docentes, integrada na “Campanha Nacional em Defesa da Gestão Democrática", que antecederá a fixação da proposta final da FENPROF para a negociação e que será, em data a indicar posteriormente, entregue ao ME. Reivindicando “Mais Democracia Para as Escolas”, o SPRC e a FENPROF assumem com a presente campanha a necessidade e o objectivo de alcançar uma profunda alteração do actual modelo de direcção e gestão das escolas.

Esta primeira reunião (a partir de agora, o SPRC realizará reuniões em todos os agrupamentos e escolas não agrupadas) deu o mote para a necessária dos professores em todos os processos de debate e de acção reivindicativa concreta.

De entre as várias iniciativas a realizar até ao final do mês de Março, registe-se a decisão do Secretariado Nacional da FENPROF de procurar envolver os diversos parceiros educativos e da realização de uma reunião com directores de escolas, seguida de uma Conferência de Imprensa, no próximo dia 21 de Fevereiro.

Gestao das Escolas

FranciscoAlmeida

Intervenção de Francisco Almeida

VitorGodinho

Intervenção de Vitor Godinho

Está em... Home Propostas SPRC/ FENPROF EB 2,3 Rainha Santa Isabel (Coimbra) foi palco do debate sobre o modelo