Ensino, Educação e Investigação comportam dois terços da precariedade no Estado

A realidade brutal da precariedade no ensino, educação e investigação foi denunciada na conferência de imprensa que a FENPROF realizou em Lisboa no dia 22 de Fevereiro, avançando um primeiro comentário ao chamado "relatório sobre a precariedade no Estado".

pdf Notas sobre o Relatório do Governo

pdf As propostas da FENPROF

Como sublinhou Mário Nogueira, trata-se de um documento produzido por um grupo de trabalho sem representação das organizações sindicais, constituído exclusivamente por responsáveis da máquina político-administrativa que tem acompanhado diferentes governos, todos eles, até agora, comprometidos com as opções políticas que favoreceram a precariedade no Estado.

Por seu lado, João Louceiro coordenador da frente que na FENPROF é responsável por acompanhar este assunto, teceu fortes críticas ao conteúdo do relatório, às opções do governo em relação aos corpos especiais e deu conta do que que são as propostas aprovadas pelo Secretariado Nacional da Federação.


VÍDEOS DA CONFERÊNCIA DE IMPRENSA:

arroba https://youtu.be/lpVDKAlFiZk - Mário Nogueira (Secretário-Geral da FENPROF)

arroba https://youtu.be/DrtlzWo9tXY - João Louceiro (coordenação do SPRC)

Está em... Home Propostas Ensino, Educação e Investigação comportam dois terços da precariedade no Estado